05/05/2015 - Gilberto Xandó, CGAE 1988. CEO da Vigor

Gilberto Xandó, CGAE 1988, CEAG 2001, CEO de uma das mais importantes empresas de laticínios do cenário brasileiro, a Vigor, esteve presente na eletiva GVniano ensina GVniano. 

Nascido em São Paulo, Gilberto Xandó foi posto no mundo pelas mãos do próprio avô. Viveu toda a sua infância também na cidade de São Paulo. 

Xandó fez questão de fazer parte da 1ª edição de 2015 da disciplina, com o objetivo de transmitir aos alunos todo o conhecimento acumulado durante 27 anos de carreira. Iniciou a aula apresentando seus dois filhos (Marina e Rodrigo) contando que Marina está no último ano na GV e Rodrigo pretende entrar ainda esse ano. Contou também um pouco sobre a sua trajetória até chegar onde está atualmente; Xandó disse que sempre foi ligado à saúde e assuntos relacionados ao bem estar, e por esse motivo escolheu Educação Física, porém na época seu pai só concordaria se fizesse primeiro o curso de administração de empresas. 

Dessa forma, escolheu a GV por ser a melhor faculdade, e por poder lhe proporcionar um futuro cheio de oportunidades e desafios que o fizesse ser o melhor profissional na área. Seu primeiro estágio foi na empresa de consultoria – PWC, e aos poucos foi colocando em prática tudo que havia aprendido nos quatro anos de graduação. Xandó falou que quando se formou, sentiu como se soubesse de tudo, mas ao mesmo tempo de nada, que a Escola foi tão importante quanto a sua experiência ‘dentro de campo’ seria. “Aprendi muito mais fazendo na prática."

O plano em seguida era o de fazer um MBA no exterior, entretanto percebeu que não teria tempo para se dedicar aos estudos, então continuou focando no trabalho. Mais tarde decidiu que era a hora de se especializar e optou por marketing/finanças também na FGV, tornando a ideia de seguir na área financeira cada vez mais evidente. 

Xandó participou do processo de seleção para uma vaga na Sadia, conseguiu, e lá ficou por 20 anos. Entre os cargos ocupados estavam desde diretor de marketing, até a promoção para vice-presidente internacional. Foi quando precisou de um momento de reflexão e resolveu parar por tempo indeterminado, mas logo sentiu que precisava voltar, assim recomeçou do zero e buscou o desafio de se reinventar - dessa vez na Natura, onde o seu conhecimento foi requisitado. “Fui ganhando menos, mas o propósito vale mais que o dinheiro”. 

O GVniano foi convidado a assumir a presidência da Vigor após 20 anos na Sadia, e quase 2 anos como diretor de negócios na Natura. A Vigor tem 95 anos de atuação no mercado brasileiro, uma empresa bastante tradicional que preza por seus valores, e pelo real significado de estarem ali. “Todos se sentem parte”. 
Xandó aceitou a proposta trazendo como principal tópico - a inovação. Muito aprendizado, sofrimento, mas sempre gerando resultados animadores que levaram a companhia a outro nível. “Vamos devagar que eu estou com pressa.” 
Como exemplo de inovação, ele trouxe o iogurte salgado da Vigor para que os GVnianos dessem as suas opiniões, a mais nova aposta para quem quer uma alternativa diferenciada de snacks. “Meu objetivo é transformar a Vigor em um dos maiores fabricantes de produtos lácteos do país”.

“Há três coisas muito relevantes para obter sucesso, estar sempre apto - ter disponibilidade, fazer bem feito e ter curiosidade – Tenham garra, atitude, vontade e determinação”.